TODO MUNDO PODE PEDALAR (montagem de Gustavo Angimahtz e Carolina Matus, favor solicitar para uso da imagem)

TODO MUNDO PODE PEDALAR (montagem de Gustavo Angimahtz e Carolina Matus, favor solicitar para uso da imagem)

Galera, chegou enfim um momento muito especial que eu espero há uns meses!

Como já avisei anteriormente, infraestrutura gera demanda, e a demanda por viagens cresceu tanto que nos vimos obrigados a escolher entre acabar com o blog ou levar a sério para não ter reclamações. Primeiro quero agradecer todos que me estimularam a continuar, porque o trabalho estava tão pesado que eu pensei seriamente em desistir e continuar a fazer sozinho minhas viagens. Mas não, penei e pensei muito e tomei a decisão que julgo mais correta.

Por isso, é com muito, muito, muito prazer que venho convidá-los a visitar o nosso novo espaço do Cicloturismo na internet: Pediverde – Cicloturismo. ACESSEM O SITE AQUI!! (WWW.PEDIVERDE.COM)

Agora temos além dos avisos de viagens uma biciclopédia onde o público vota na nossa página do facebook o próximo verbete que explica a função e utilidade de cada parte de uma bike para cicloturismo.

Também temos uma seção chamada “Será que eu aguento?” destinada a estimular os iniciantes a fazerem sua primeira viagem e um site totalmente integrado com nossa fanpage do facebook, que mostra próximos eventos, álbuns de fotos, fora o nosso bom e velho blog do Pedivelha, que passa a se chamar Pediverde também!

“Mas como assim? Não era Pedivelha?”, alguns perguntarão.

Bom, a Pediverde – Cicloturismo é o nome que encontramos para viabilizar toda a estrutura necessária, e para não tornarmos o Pedivelha um grupo de viagens pagas e mantermos as gratuitas, criamos essa “holding” que sustentará o grupo gratuitamente. Isso significa que agora teremos passeios gratuitos e passeios pagos. Só que os pagos serão realizados durante mais dias, com guias locais, hospedagem, alimentação, enfim, tudo que você precisa para só se preocupar em pedalar e curtir. Legal, né?

Então memorize bem: Pediverde – Cicloturismo é a empresa que tem os grupos Pedivelha (viagens gratuitas) e Pedivento (viagens pagas). É fácil, vocês logo vão se habituar.

A verdadeira bike de cicloturismo (Imagem de Guilherme Burgos para ensaio para a Pediverde)

A verdadeira bike de cicloturismo (Imagem de Guilherme Burgos para ensaio para a Pediverde)

VIAGEM 1) Para começar,  em outubro, no dia 20, o GRUPO PEDIVELHA fará uma viagem gratuita para Santos, via Rota Márcia Prado. 

É um pedal delicinha e tradicionalíssimo do grupo, que atravessa a serra do Mar até a baixada santista. É só aparecer no local e horário marcados.

Viagem 2) Além desta trip, teremos uma senhora viagem para o Paraná no feriado de 15 de novembro (14, 15, 16, 17, 18), então “savem” the date!

O preço dos pacotes já vão sair, mas adianto que serão 4 dias com 3 passeios de bike para cachoeiras e trilhas, com transporte, hospedagem, guias, mecânico, fazendas, comida boa, uma noite de open black label e uma galera muito gente fina! Aguardem mais informações!

Viagem 3) Por fim, em dezembro, dia 15, a Pediverde foi contratada para levar um grupo de ciclistas do Sopa de Pedra Bikers, de Campo Grande, MS, para guiá-los até a praia, onde passarão o final de semana. 

Assim aproveitamos o ensejo para inaugurar este serviço de viagens sob medida para grupos iniciantes ou não pelas rotas que desejarem. Quem já viajou conosco sabe o quanto levamos o cicloturismo a sério, então indique nossos serviços para continuarmos fazendo mais viagens gratuitas pelo estado!

Novo logo, gostaram?

Novo logo, gostaram?

Vamos lá! Visitem o site novo, vejam os próximos eventos quentíssimos e vamos fazer crescer essa vontade de pedalar Brasil afora!

Valeu, galera!

Anúncios

Tá chegando o novo site!

Publicado: 21/09/2012 em Uncategorized

EM BREVE! Aguardem!

 

Galerinha, a viagem de setembro do Pedivelha será um pouco mais puxada, e lembrem-se, revisem suas bikes!!!

Estrada dos Romeiros - ponte sobre o rio Tietê em Cabreúva

Estrada dos Romeiros – ponte sobre o rio Tietê em Pirapora do Bom Jesus

O link para confirmar presença é este aqui: https://www.facebook.com/events/380095165397343/

Evento público · De Pediverde – Cicloturismo

  • praça do ciclista, São Paulo, Brasil, São Paulo
  • Vamos fazer um pedal de 90 km por asfalto pela Estrada dos Romeiros, uma charmosa e calma estradinha, com excelente asfalto, que passa no meio do Parque da Serra do Japi, uma reserva ecológica por onde passa o Rio Tietê.

    Sairemos do Parque Vila Lobos às 7h30, com destino a Barueri, onde entraremos na estrada dos Romeiros e cruzaremos as cidades de Pirapora do Bom Jesus, Santana do PAranaíba, Cabreúva para então chegar a Itu. Chegando lá, pedalamos até Jundiaí e pegamos o trem para retornar.

    É um pedal ní

    vel médio, pois após chegar em Itu, iremos retornar para Jundiaí mais 50 km para então pegar o trem e retornar a SP. O evento dura o dia todo, não esperem chegar cedo para outro compromisso, pois mesmo chegando cedo, você vai querer dormir.

    O que levar

    -3 reais para o trem
    -comida
    -protetor solar
    -capacete
    -bike REVISADA

    OBS – em virtude de problemas já enfrentados pela nossa equipe com bikes que chegam para fazer viagens sem condições para tal feito, pedimos que vocês revisem os freios e o câmbio de suas bikes para fazer uma cicloviagem.

    Bora pedalar?

Algumas fotos do piquenique na Serra da Cantareira já estão no álbum do Pedivelha. Confiram clicando no link e amanhã teremos mais fotos!

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.515786705101782.136228.212078618805927&type=3

Foto de Luisa Coelho

Queridos amigos, 

O Pedivelha está passando por mudanças estratégicas, pois estamos inaugurando a Pediverde – Cicloturismo, uma empresa que visa disseminar a cultura da viagem de bicicleta Brasil afora, além das viagens do Pedivelha que fazemos há quase dois anos, que já somaram mais de 50 viagens. 

No facebook, já trocamos o nome da página para Pediverde – Cicloturismo, mas o Pedivelha não morrerá. Continuaremos promovendo, mensalmente, viagens curtas gratuitas para ensinar quem quer começar a viajar de bike.

Em razão desta mudança, acabamos perdendo alguns contatos da nossa página, que possuia 448 pessoas e agora está com 235, quase metade. O motivo deste email é para explicar o que está havendo e, caso você seja um dos que acabou sendo excluído da página, saiba que nós queremos muito que você retorne e curta a Pediverde – Cicloturismo. Segue o link> https://www.facebook.com/pediverde

Essa exclusão ocorreu porque o facebook não suportava troca de nomes, então pedimos a gentileza de retornarem para nossa página porque vocês são todos uns queridões do Pedivelha!

AS VIAGENS DO PEDIVELHA CONTINUARÃO GRATUITAS, NADA MUDARÁ NESTE GRUPO!!!

Por estes motivos apresentados nesta carta de esclarecimento, nos próximos meses, vocês notarão algumas mudanças para que no final do ano seja lançado o novo site da Pediverde, com novas viagens, notícias, dicas, festas e muito mais, tudo girando em torno do cicloturismo. 

Aproveito para apresentar a vocês o mais novo membro da equipe Pediverde, que já nos acompanhou em inúmeras trips. Seu nome é Fábio Punk, mais conhecido como o Viciado em Cachoeiras ou O Cara Mais Elástico Do Mundo. Esperamos proporcionar a vocês muitas experiências e vamos juntos desbravar novos territórios!

Conheçam também o novo logo da Pediverde, em primeira mão.

Imagem

Agradecemos antecipadamente a compreensão de todos e pedimos desculpas por eventuais inconvenientes. 

Forte abraço,

Gustavo Angimahtz e Fábio Punk
Pediverde – Cicloturismo 

Fotos de Marcelo Iha, favor dar créditos ao usar as imagens. Como o Marcelo não dormiu lá, não tem aqui fotos do camping, mas quem sabe um dia elas apareçam, né?

Obrigado!


Confiram: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.504849232862196.133186.212078618805927&type=1

 

ImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemImagemAsImagem fotos são de autoria doImagem MArcelo Iha e estão disponíveis no grupo e na página do PedivelhaImagem!

Imagem

 

Imagem

Imagem

Dia 26 (domingo) de agosto

Encontro às 8h00 no metro Tucuruvi

PicNic Coletivo no Núcleo do Engordador (cada um leva doce ou salgado, nós levamos bebidas)

Trilha para Cachoeira do núcleo

Retorno previsto após o almoço, a ser realizado no parque, com PicNic!

______________________________________________________________________________________________

LINK DE CONFIRMAÇÃO: https://www.facebook.com/events/345869828826566/

______________________________________________________________________________________________

No próximo dia 26, domingo, o Pedivelha apresenta um novo roteiro para quem gosta de ficar no meio da natureza e sentir o som das plantas. Um pedal bate e volta para o Núcleo do Engordador, um parque no meio da Serra da Cantareira, a maior reserva de mata Atlântica de São Paulo, com direito a um PicNic coletivo para almoçar.

Este pedal, em especial, é indicado para iniciantes, de nível fácil, e irá trazer algumas nolções de cicloturismo, como melhorar sua técnica para pedalar na terra carregando peso, parada para comer, equilíbrio, condicionamento físico, entre outros atributos.

Ao final, todos dividem um doce ou salgado que deve ser levado por cada ciclista. As bebidas ficarão a cargo do Pedivelha.

Para não haver muita disparidade entre o que cada um irá levar, estamos estipulando um valor entre 10 e 15 reais por cabeça para gastar com algo a ser dividido entre todos.

Para fechar com chave de ouro, uma passadinha em uma das cachoeiras do núcleo para refrescar e tirarmos boas fotos.

Para etrar no núcleo, também é preciso pagar 6 reais, e estudantes pagam meia, ou seja, 3 continhos.

Também será preciso levar uma corrente para amarrarmos uma bike na outra, pois deixaremos elas amarradas para fazer a trilha da cachoeira, ok?
E aí, vamos pedalar?
http://www.pedivelha.com

_______________________________________________________

O que levar?

-Bike revisada
-Capacete
-10 a 15 reais em doce ou salgado para o PicNic
-6 reais em dinheiro para pagar a entrada no parque
-Câmara reserva
-Boa vontade, disposição e alegria
_______________________________________________________

Clique para ampliar

SOBRE O NÚCLEO

Segundo núcleo implantado no parque oferece a oportunidade de conhecer um ambiente característico de mata atlântica, com vegetação densa, árvores de grande porte, samambaias, orquídeas, bromélias e rico em recursos hídricos, pode-se conhecer um pouco mais da rica história da cidade de São Paulo. A Infra-estrutura do Núcleo Engordador conta com portaria, bilheteria, estacionamento, sanitários, área de piquenique, centro de visitantes, audiovisual e diversas trilhas.

Centro de visitantes

Pequeno, mas podemos ter uma idéia melhor da geografia da região através de uma maquete do parque e também da biodiversidade da mata atlântica. Entre os animais taxidermizados encontramos exemplares de Bugios, ouriço, lagarto teiú, caxinguelê, tucano, gavião, macuco e outros pássaros. Também possui alguns painéis com fotos dos outros núcleos do parque.

Trilha da Cachoeira

Considerada uma das mais bonitas do parque, possui pouco mais de 3 Km de extensão e seu percurso cruza diversas vezes o Rio Engordador, passando por pequenas quedas de água onde pode-se tomar banho. Na sua parte mais alta encontra-se o antigo reservatório de água construído em 1907.

Represa do Engordador

Uma das primeiras represas da Cidade de São Paulo. Oferece uma bela paisagem das suas tranqüilas águas cercadas pelo verde exuberante da mata atlântica.

Trilha do Macuco

São 646 metros de percurso leve, acompanhando o Córrego do Curupira e passando entre os canos que faziam parte do antigo sistema de abastecimento de água. Proporciona uma bela vista da mata repleta de samambaias-açú de grande porte e muitos pássaros.

Casa da Bomba

Construção do início do século XX, é tombada como Patrimônio Histórico. Possui um antigo sistema de bombeamento de água que era utilizado no abastecimento da Cidade de São Paulo até meados do século passado. Com uma bela arquitetura e maquinários bem conservados, nos proporciona uma verdadeira viagem no tempo.
Para saber mais sobre a Casa da Bomba, clique aqui.

Trilha de Montain Bike

Trilha com cerca de 4 Km, aberta somente a ciclistas. O caminho tem alguns trechos íngremes e de travessia de charcos. No percurso é possível avistar algumas torres de transmissão da Hidrelétrica de Furnas e refrescar-se em uma pequena cachoeira.

Viveiro de produção de mudas

Viveiro de produção de mudas de espécies típicas da mata atlântica, utilizadas em reflorestamentos. Entre as diversas espécies cultivadas podemos encontrar o Palmito Juçara (Euterpe edulis).

O Pedivelha saiu no Diário de S. Paulo de Domingo, dia 29 de julho, sobre a viagem para Paranapiacaba! Vejam a matéria e a foto com todos juntos na represa! A matéria é do repórter Filipe Sansone! Na coluna da direita, uma mini entrevista com o Gustavo, idealizador do projeto. O mês de agosto promete novidades, então fiquem atentos ao novo Pedivelha que vem aí!

Clique para ampliar

Clique para ampliar

Galera, boas novas sobre nosso pedal! Mesmo perdendo as apresentações de Seu Chico e Tom Zé no fds do dia 14 – que não nos impede de irmos por conta só pra assistir – o nosso final de semana dos dias 21 e 22 foi bem escolhido.

Pegamos os maiores da programação do festival. João Bosco, João Donato, Fafá de Belém, Fabiana Cozza, Banda Mantiqueira e Ná Ozetti se apresentarão no fds que estaremos lá. Só gente fina da bossa, do samba, das antigas, da qualidade.

A má notícia é que dois dos shows que eu adoraria ver acontecerão no domingo no final da tarde, e com isso a volta seria a noite. Isso não impede quem quiser de voltar antes e eu só ficarei se mais gente também quiser ficar para não voltar sozinho.

No sábado a noite, após a última apresentação, voltamos ao camping para a nossa festinha. A gente vai fazer uma vaquinha para arrecadar cachaças típicas bem doces da cidade e vamos tocar e beber até cair de cansaço do pedal ou de bebedeira – para os mais fortes, de sono também.

Em todo caso, segue a programação que só me fez mais ansioso:

21/07/2012 – SÁBADO
14 hs no Mercado – Pedro Luis e Banda
15 hrs Sesc – Grupo Moinho do Tempo
15:30 Sesc – 2por4 – Brit Project
17 hs Mercado- Ná Ozetti
18 hs Sesc – Grupo Moinho do Tempo
18:30 Sesc – João Donato
20 hs Campo – FAFA DE BELEM

22/07/2012 – DOMINGO
14 hs no Mercado – sapopemba
15 hrs Sesc – Banda Sax4Sax
15:30 Sesc – Banda Publica com Jhonny Monster
17 hs Mercado – Eliana Pittmann
18 hs Sesc – banda Sax4ax
18:30 Sesc – Banda Mantiqueira e Fabiana Cozza
20 hs Campo – JOÃO BOSCO

Galera, a resposta está sendo bem positiva para o camping lá em Paranapiacaba e infelizmente as vagas no camping da Casa do Luis já foram todas preenchidas. 

Digo isso porque é uma casa, e acamparemos no quintal, então não cabe uma galera master. 

Já temos mais de 30 confirmados para a viagem e já temos 10 barracas e 17 pessoas no camping. Meu medo é ficar apertado para todos. 

Estou fazendo uma lista de espera para caso haja desistência ou, se no fim das contas a lista for pequenininha, a gente aperta lá na Casa do Luis mesmo, tá bom? 

Espero mesmo que compreendam. 

Em todo caso, ainda tem o camping Simplão de Tudo, que fica a 12 km do centro, por estrada de terra. Quem quiser, me procure e eu envio mais detalhes. 

Segue o link do evento no Facebook:

https://www.facebook.com/events/237870282999287/